Real GaNa
 
30 de Outubro de 2007

Isto é absolutamente incrível. Nem tenho palavras para descrever tamanha atrocidade.
 
Por favor, quem não viu no noticiário, veja, divulgue e assine a petição.
 
http://sic.sapo.pt/online/noticias/vida/20071025+Cao+morre+de+fome+em+exposicao.htm
publicado por Real GaNa às 15:58 link do post
sinto-me: incrédula
tags:
27 de Outubro de 2007

A CAMPANHA:
 
Junta as tuas meias às minhas… e torna os dias e as noites de Lisboa mais quentes!
 
Campanha de Angariação de Meias para os Sem Abrigo de Lisboa
Equipa B – Volta de 4ªFeira
Comunidade Vida e Paz
 
Somos uma das muitas Equipas de Rua que colabora com a Comunidade Vida e Paz no apoio aos Sem-Abrigo de Lisboa durante a noite.
 
E todas as noites ouvimos o mesmo pedido: Têm meias? Têm meias? Têm meias?
 
Pegámos nestes pedidos e decidimos realizar esta Campanha - Junta as tuas meias às minhas… e torna os dias e as noites mais quentes!
 
Objectivo – angariar 5000 pares de meias até à noite de Natal!
 

Para quem estiver interessado em aquecer os dias e as noites – contacte-nos por mail! (Claudina.santos@nobre.pt)!

 
Muito Obrigada pela ajuda… e pelas meias!
PS: Divulguem pelos vossos Amigos!
publicado por Real GaNa às 17:00 link do post
sinto-me:
22 de Outubro de 2007

Capitalismo ideal
Você tem duas vacas.
Vende uma e compra um boi.
Multiplicam-se e a economia cresce.
Você vende a manada e fica rico.
Aposenta-se.
 
Capitalismo americano:
Você tem duas vacas.
Vende uma.
Força a outra a produzir o leite de quatro vacas.
Fica surpreendido quando ela morre.
 
Capitalismo japonês:
Você tem duas vacas.
Redesenha-as para que tenham um décimo do tamanho de uma vaca normal e produzam vinte vezes mais leite.
Cria desenhos de vaquinhas chamados VAQUIMON e vende-os para o mundo inteiro.
 
Capitalismo inglês:
Você tem duas vacas.
Ambas são loucas.
 
Capitalismo holandês:
Você tem duas vacas.
Elas vivem juntas em União de Facto, não gostam de bois e estão no seu direito.
 
Capitalismo alemão:
Você tem duas vacas.
Elas produzem leite regularmente segundo padrões de quantidade e horário previamente estabelecidos, de forma precisa e lucrativa.
Porém, o que você queria mesmo era criar porcos.
 
Capitalismo russo:
Você tem duas vacas.
Conta-as e vê que tem cinco.
Conta de novo e vê que tem quarenta e duas.
Torna a contar e verifica que afinal só tem doze.
Pára de contar e abre outra garrafa de vodka.
 
Capitalismo suiço:
Você tem quinhentas vacas mas nenhuma é sua.
Cobra uma comissão para tomar conta delas.
Capitalismo espanhol:
Você tem duas vacas.
Tem muito orgulho nelas.
 
Capitalismo brasileiro:
Você tem duas vacas.
Reclama porque a manada não cresce.
 
Capitalismo indiano:
Você tem duas vacas.
Ai de quem tocar nelas...
 
Capitalismo português:
Você tem duas vacas.
Uma delas é roubada por alguém - até hoje não se sabe quem.
O Governo cria o IVVA - Imposto de Valor Vaccum Acrescentado.
É multado por um fiscal porque, embora você tenha pago o IVVA, o valor de cálculo era o número presumido de vacas e não o número real.
O Ministério das Finanças através de dados presumidos do seu consumo de leite, leite, sapatos de couro e botões presume que você tem duzentas vacas.
Para se livrar do sarilho oferece a vaca que lhe resta ao inspector das Finanças para que ele feche os olhos e dê um jeitinho...
 
publicado por Real GaNa às 16:01 link do post
tags:
17 de Outubro de 2007

 

 

publicado por Real GaNa às 09:47 link do post
10 de Outubro de 2007

publicado por Real GaNa às 09:29 link do post
sinto-me:
08 de Outubro de 2007

"Eu tenho uma espécie de dever, de dever de sonhar, de sonhar sempre, pois sendo mais do que uma espectadora de mim mesma, eu tenho que ter o melhor espectáculo que posso. E assim me construo a ouro e sedas, em salas supostas, invento palco, cenário para viver o meu sonho entre luzes brandas e músicas invisíveis."

 

Sonhar mais um sonho impossível

Lutar quando é fácil ceder

Vencer o inimigo invencível

Negar quando a regra é vender

Sofrer a tortura implacável

Romper a incabível prisão

Voar num limite provável

Tocar o inacessível chão

É minha lei, é minha questão

Virar este mundo, cravar este chão

Não me importa saber

Se é terrível demais

Quantas guerras terei que vencer

Por um pouco de paz

E amanhã este chão que eu deixei

Por meu leito e perdão

Por saber que valeu

Delirar e morrer de paixão

E assim, seja lá como for

Vai ter fim a infinita aflição

E o mundo vai ver uma flor

Brotar do impossível chão

publicado por Real GaNa às 12:28 link do post
sinto-me:
tags:
04 de Outubro de 2007

Os japoneses criaram um telemóvel que ajuda a controlar as calorias e o ritmo cardíaco ao longo do dia. Além disso, também pode ser utilizado para medir os níveis de mau hálito.

 

publicado por Real GaNa às 12:00 link do post
sinto-me:
Outubro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
23
24
25
26
28
29
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Que ótimo trabalho, ele é um exelente artista plas...
Ias para professor/a.. ou então parás de reclamar,...
gosto de castanhas, acompanhado com um copo de águ...
A minha cor também deu verde. Será que eles só tem...
boas...também não concordo com este tipo de "arte"...
O "Direito à indignação", apesar de não o ter indi...
Eu que não sou professor, acho que eles defendem u...
blogs SAPO