Real GaNa
 
26 de Março de 2008

Desafio-vos a pôr em prática qualquer uma destas formas de passar o tempo num hipermercado.


1. Agarra em 24 caixas de preservativos e põe em vários carrinhos, aleatoriamente, quando a pessoa estiver distraída.

2. Programa os despertadores para tocarem de 5 em 5 minutos.

3. Vai ao apoio a clientes e pergunta se te podem reservar um pacote de M&Ms.

4. Monta uma tenda na secção de campismo, diz aos outros clientes que vais passar a noite por lá. Convence as pessoas a trazerem almofadas da secção têxtil e a juntarem-se a ti.

5. Quando um funcionário te perguntar se precisas de ajuda, começa a chorar e grita: "Porque é que vocês não me deixam em paz?!?!!?!?"

6. Encontra uma câmara de vigilância e usa-a como espelho enquanto tiras macacos do nariz.

7. Procura uma faca de trinchar bem afiada. Leva-a contigo durante todo o percurso das compras e vai perguntando aos funcionários se ali vendem anti-depressivos.

8. Desliza pela loja com um ar suspeito, enquanto cantas o tema da "Missão Impossível" .

9. Esconde-te atrás da roupa que está exposta em cabides e quando alguém estiver a ver os artigos grita "ESCOLHE-ME! LEVA-ME PARA CASA!"

10. Quando alguém anunciar seja o que for no altifalante, deita-te no chão, em posição fetal, e grita: "NÃÃÃO! As vozes! Outra vez as vozes!"

E, por fim:

11. Vai ao provador de roupa. Fecha a porta, aguarda um minuto e depois grita: "Onde é que está o papel higiénico????!"
publicado por Real GaNa às 17:02 link do post
Março 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
27
28
29
30
31
Visitas
Locations of visitors to this page
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Que ótimo trabalho, ele é um exelente artista plas...
Ias para professor/a.. ou então parás de reclamar,...
gosto de castanhas, acompanhado com um copo de águ...
A minha cor também deu verde. Será que eles só tem...
boas...também não concordo com este tipo de "arte"...
O "Direito à indignação", apesar de não o ter indi...
Eu que não sou professor, acho que eles defendem u...
blogs SAPO